Alta da Maternidade

11740054

Olá Meninas,

Vou contar minha experiência de saída da maternidade, esse é um dia especial, para ficar na memória, e para mim não foi diferente, afinal é o dia que levei meu bebê para casa, mas nem tudo foi perfeito.

Nosso filho nasceu por cesárea e ficamos internados por 3 dias (procedimento padrão no hospital onde ele nasceu), um dia antes da nossa alta, minha médica me visitou para ver como estava minha recuperação, ela me disse que os pontos estavam cicatrizando direito, que estava tudo certinho comigo e que no dia seguinte de manhã já estaria de alta, então ela já me passou a receita dos medicamentos pós-alta. Mas mesmo eu tendo alta, ainda assim teríamos que esperar a pediatra do berçário dar alta para nosso filho para podermos ir para casa.

Na manhã do 3º dia, fui medicada e tive alta lá pelas 9h da manhã e ficamos esperando o bebê ter alta, que aconteceu lá pelo meio dia, eu e meu marido ainda estávamos deslumbrados com o nascimento do bebê, afinal somos pais de primeira viagem, e com isso deixamos tudo para última hora, coisas como fazer o registro dele, comprar os remédios e também a filmagem do bebê no quarto (estava incluso no pacote de filmagem que contratamos), tudo isso atrasou muito a nossa saída da maternidade.

Era dia de semana e tinha um trânsito, sem falar naquele calorão do verão, passamos para pegar minha mãe e quando chegamos em casa era quase 15h. Como todos estavam sem almoço, passamos no drive-thru e compramos um lanche. Já estava até passando mal de fome, então engolimos os lanches e fomos cuidar do bebê, amamentar e dar banho.

Aí comecei a sentir dor nos pontos, pedi para o meu marido ir comprar os remédios, mas ele demorou, porque precisava de duas caixas do remédio para aliviar a dor, mas em todas as farmácias que ele passou só tinha uma caixa do bendito remédio, e a receita ficaria retida por ser remédio controlado, conclusão a dor foi aumentando eu até liguei para ele e pedi para comprar apenas uma caixa, porque depois eu pedia outra receita para a médica para comprar a segunda caixa, ele atendeu ao telefone dizendo que já tinha conseguido as caixas e eu só fui tomar a medicação era umas 19h.

Então seguem algumas dicas que poderiam ter feito a diferença para nós:

1) Assim que receber a declaração de nascido vivo do seu filho você já pode registrá-lo, então não adie, já peça para o seu marido ir no cartório e registrá-lo.

2) Se sua médica adiantar sua receita médica, faça a mesma coisa, peça já para seu marido comprar os remédios, porque quando vem a dor…

3) Se você fechou pacote de filmagem do bebê, não deixe nenhuma filmagem para o último dia.

4) Se alguém da sua família for te ajudar nas primeiras semanas, peça para essa pessoa ir para a sua casa adiantar a comida ou levar marmita para vocês terem o que comer quando chegarem em casa.

Essa foi a minha experiência que serviu de lição e tem ajudado as grávidas que conheço, se você passou por algo parecido comente, curte e compartilhe com suas amigas que estão gravidinhas para elas não cometerem os mesmos erros!

 

Beijos,

Andressa

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s